Mato no Prato

Mato no Prato: TRAPOERABA

Por 23 de maio de 2020 Sem comentários

Mais uma planta alimentícia não convencional legítima. Invasiva e ruderal, crescem e se propagam sozinhas em qualquer lugar. Essa plantinha de nome difícil cresce em sombra e solo não muito forte e não muito seco. Alguns estudos indicam teores altos de fitalatos e oxalatos, e outros, de saponinas. Essas substâncias devem ser consumidas com moderação, porque podem fazer mal para a digestão e absorção de nutrientes. Assim, é recomendado o consumo de refogados, apesar de muitas pessoas consumirem as flores azuis cruas em saladas e no suco verde. Possui teores bons de proteínas, cálcio, magnésio e zinco, além de fibras. As folhas tem gosto suave e textura cremosa e é uma iguaria quando cozida no arroz ou em bolinhos fritos.

Fonte: www.matosdecomer.com.br

Scroll Up

Baixe nosso

E-book Grauito!

Preparei este e-book com receitas fáceis, simples e saborosas para iniciares o caminho rumo à uma alimentação que faz bem ao paladar, à memória afetiva e ao corpo, mantendo-te saudável.